Sociable

2010-11-19

Meninos Eu Vi - HP7 Reliquas da Morte


Finalmente, vi um filme de Harry Potter, depois de 6 longas que simplesmente tentaram repassar as paginas do livro para um formato cinematográfico, mais preocupados em saber o que e como cortar da historia para caber nas 2 horas de filmagem, desta vez consegui ver finalmente funcionar um trabalho sensacional de roteiro e direção para adaptar a novela da J.K.Rowling para as telonas, com referencias literárias e cinematográficas além de uma fotografia lindamente trabalhada.

De longe este filme é o melhor e mais bem produzido, começando pela escolha inteligentíssima de dividir a historia em duas partes, a trama é extremamente complexa e cheia de detalhes que realmente necessitam de cuidados e explicações e dividir a historia foi a melhor maneira de dar a devida atenção a cada acontecimento da historia, além de uma liberdade criativa, fato que fica claro logo nos créditos iniciais quando aparece o nome da Rowling entre os produtores( a historia é dela então ela pode fazer tudo que quiser), a montagem e uso de câmeras supera qualquer expectativa, o Diretor David Yates mostra uma evolução maravilhosa dos dois filmes anteriores pra este, priorizando cenas de ação e perseguição claras e limpas e ainda assim com cortes rápidos.

Outra grata surpresa fica por conta da atuação de Rupert Grint que finalmente trouxe o Ron Weasley dos livros para o cinema, o personagem mostra toda a força e inteligência que fazem dele um companheiro insubstituível para Harry e não só um sidekick como a era nos outros filmes (eis o por que da imagem que escolhi acima) além de conseguir manter as doses de humor do filme sem se tornar unicamente uma peça de alivio cômico já que é tudo perfeitamente balanceado com uma enorme carga dramática, se alguns consideram o livro de Hermione e As Relíquias da Morte, o Filme pode ser facilmente tratado como Ron e as Relíquias da Morte Parte 1 já que em diversos momentos ele rouba completamente a cena (tudo bem que a Emma Watson e o Daniel Radcliffe são atores extremamente limitados mas não tira o mérito do Rupert).

Mas ainda assim o ponto alto do filme fica por conta da espetacular animação que foi usada para que a historia que da nome ao livro seja contada, a historia dos três irmãos que enganara a morte é retratada através de uma animação 3D simplesmente magnífica.

O filme em si cumpriu perfeitamente seu papel introduzindo todo o clima para a batalha final, gerando uma grande expectativa em todos os que assistiram sendo inclusive aplaudido de pé quando terminou, vale muito a penas ser assistido tanto por fãs de Harry Potter quanto por fãs de cinema e de minha parte, só tenho a dizer Accio Parte 2.

2 comentários:

~Lívia~ disse...

O filme resgatou uma saudade de HP que eu nem lembrava q sentia. E trouxe aquela sensação boa de reviver os momentos e emoções, mto próximo doq eu me lembro de ter 'vivido' qdo li.

Accio parte 2! =)
*parte 2 permanece estática, lá no fundo de 2011.*
droga, esse feitiço nunca funciona pras coisas realmente importantes =p

=*

Juliana Vrum Vrum disse...

Com certeza, o melhor filme de todos os tempos. A sensação de que só fizeram um filme da série ficou mais que presente. Até as adaptações e as modificações foram mais que bem-vindas, coisa que nos outros filmes foi em muitas uma falha.

Eles souberam como começar e como terminar. Terminaram na parte mais calma e ainda sim deixando um clima de 'quero mais' pro próximo filme.