Sociable

2008-09-26

Tratemos de Virtudes - Primeira Parte

Pois Bem

Meus caros leitores, estou aqui hoje, com intuito de dedicar-te mais cultura (uma vez que revelações como a nacionalidade da Carmen Miranda já causou explosões cranianas) Já tratei aqui das virtudes da cavalaria quem quiser é só ler o Texto III (dica procure palavras que não deveriam estar com letras maiúsculas são estas as virtudes, são 10) e também não vou falar agora das sete virtudes (pelo menos não agora, só digo que cada pecado capital tem uma virtude em resposta) meu intuito aqui é falar de algumas virtudes especificas que eu acho importante salientar e que espero um dia alcançar (estamos trabalhando nisso).

A pauta de hoje é Paciência já pararam pra pensar o tanto que um pouco de paciência facilitaria as coisas?(creio que possa ter faltado paciência não é?) Alguns dos casos tratados no “Pobre é Egocêntrico” do Jovem Mancebo e no nosso Post Interblogs poderia ser facilmente resolvido com o uso desta virtude, não precisa se exaltar tanto com as pessoas a seu redor sempre lembre-se que como muito bem explanou o senhor K “São pessoas, que no inverno não se alimentam por que a grama fica marrom”.

Tenha paciência nem todo mundo entende a frase “Antes ficar quieto e deixar que pensem que você é idiota do que abrir a boca e dar a certeza” (by quem souber o autor se manifeste) ter paciência para ouvir enquanto permanecemos de boca fechada é um verdadeiro talento, às vezes imagino como seriam as coisas se tudo fosse como a um debate político, cada um com a sua vez de falar e tempo cronometrado, com um mediador controlando a todos para que falassem só no seu espaço.

Pra falar a verdade acho que é por isso que eu blogo, por que assim eu digo tudo que quero dizer sem ser interrompido ou cortado por milhões de bocas falantes, quem quiser que comente depois concordando ou não (criticas são bem vindas só não prometemos levá-las em consideração).

Chego a conclusão que educarei meus usuáriosinhos padrão à alem de não conversar com estranhos e olhar para os dois lados antes de atravessar a rua, a calar a boca na hora certa e ter paciência.

Agora com licensa preciso de um café


Sem Mais

2008-09-23

Pois bem


8 anos de ensino fundamental, 3 anos de ensino médio 1 ano de cursinho e agora universidade, tudo por água abaixo.

No momento estou lendo três livros.

Os 50 mandamentos do Marketing – Francisco Alberto Madia de Souza

Madia é um monstro do marketing, um marqueteiro de visão fodastica (não vou entrar muito em méritos, pois meu foco é outro, mais pra frente escrevo um post só sobre marketing e assim como citarei Kotler devo citar o Madia, mas quem quiser da uma olhada no site da Madia Mundo Marketing)







A Arte de Argumentar – Antonio Suarez Abreu

Quanto ao Prof. Antonio Suarez Abreu quem quiser saber das suas qualificações clique aqui.













Ensaio sobre a cegueira - Saramago


Destes só quem se deu razoavelmente bem foi o Saramago que ta cagando para todas as normas e escreve segundo seu neologismo louco, certo ele assim suas obras são eternamente corretas graças à ressalva de sua aclamada licença poética, uma salva de palmas a Saramago.






Sei que até agora tudo isso ficou meio sem pé nem cabeça meio avulso, mas vai fazer sentido agora prometo.

Como podem ver no titulo não há nem trema em agüenta e tranqüilo nem acento agudo em jóia ,saiu recentemente o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, sei que um dia vou me acostumar com isso tudo, mas ta uma merda-foda eu não posso mais usar trema sagüi virou sagui, e o pior é que o Word ta aqui anunciando que eu to errado a-pa-porra, é complicado estudar durante 12 anos (chutando baixo) e ver que ta na hora de reaprender a acentuar, andróides virou androides e acho que o pior de todos os casos, agora se acentua enxáguo apenas se for de sua vontade basta alterar a silaba tônica e pronto (sim agora no caso de verbos terminados em guar, quar e quir pode-se deslocar a vogal tônica do a ou i para o u eliminando o acento grave na palavra).

Vejam bem estou metendo o pau nesse no acordo, mas é apenas por pura e simples motivação por reclamar. “O povo adora odiar”( by nome do autor aqui)) como usuário padrão não poderia decepcionar e acatar o diferente sem odiar primeiro, dentro em breve estarei aclimatado a ele principalmente quando sair o Pack de correção ortográfica que a Microsoft prometeu disponibilizar pra download antes do fim do ano, até lá usarei da licença poética no melhor estilo Saramago escreverei da forma antiga ou de qualquer outra que eu queira.


Eis aqui o Guia de Reforma Ortografica

Sem Mais

BlogBlogs.Com.Br





2008-09-16

Posts Interblogs


Pois bem
Volto as minhas dissertações a cerca do curioso comportamento disposto pelo homem, o Jovem Mancebo fez uma belíssima colocação a respeito da pobreza espiritual apresentada pelo tão evoluído bicho homem com exemplos ínfimos o Vinicius demonstrou bem do que somos capazes em certos momentos.
Há uma frase feminista “Quanto mais conheço os homens mais admiro meu cachorro” eu colocaria isso com uma grafia levemente diferente, mas com sentido absurdamente avesso “Quanto mais conheço o Homem, mais admiro meu cachorro”. Permita-me explanar com uma segunda citação, (Peço encarecidamente que atenham ao dialogo e não a natureza da experiência). Uma das historias a respeito de Chico Xavier diz que um dia ele sem encontrava em um avião e por algum motivo, que agora eu não recordo e pra falar a verdade ignoro, ele ameaça começar um tumulto, quando então seu mentor espiritual (alguns vão conhecer isto como guia ou anjo da guarda, ou whatever) lhe diz “Chico Contenha-se” recobrando consciência do seu ato e envergonhado ele abaixa a cabeça e diz “me sinto um verme” eis agora a replica do Espírito e ponto alto da historia “NÃO SEJA PRETENSIOSO, UM VERME SABE RECONHECER SUA FUNÇÃO E SEU LUGAR”.
 Acho que às vezes não sabemos realmente nosso lugar, ou pior vemos apenas nossa parte do todo, é impossível simplesmente reduzir a velocidade do carro para que aquele pedestre ali na calçada já a um longo tempo atravesse a rua, parar o veiculo para que outro carro entre em nossa frente então é algo altamente impensável. Dane-se se estou na estação Barra - funda e 45milhões de pessoas pra entrar no vagão junto comigo eu devo entrar correndo feito um cavalo acotovelar todos ao meu alcance e buscar um lugar mais confortável possível, quero me sentar foda-se os outros vou me sentar mesmo que só vá ficar UMA estação no trem, como bem disse o Homer somos todos motherfockers egoístas(quem nega isso alem de egoísta é hipócrita) .
Não estou dizendo para você parar tudo que esta fazendo e sair por ai “fazendo caridade” (detesto este termo fazer caridade), mas pequenas coisas não são difíceis de realizar, não é minha pretensa dizer há ninguém o que se deve fazer ou deixar de fazer, o Homer ainda disse que muitas pessoas fazem bondade com medo de ir pro inferno depois de morrer, e a respeito disso o melhor motivo que eu já ouvi de o porquê ser bom veio aos meus ouvidos vindo de um Ateu” Não faço mal aos outros por que não gosto que façam a mim, faço o bem aos outros por que acho legal quando o fazem pra mim” simples, pratico e objetivo.


Sem Mais.

2008-09-08

Pois bem




Quem convive comigo e me conhece sabe que sou um retardado de merda viciado em cinema, essa loucura toda começou pasmem aproximadamente quando eu galgava meus 2 anos, minha mãe (cinéfila assumida também) resolveu que queria ir ao cinema assistir tartarugas ninjas e levou o entojo aqui junto, resultado primeira cena onde creio que era o Leonardo bota aquela linda mão verde com três dedos pra fora do esgoto ser um pé no saco é algo congênito que se revela às vezes durante a própria gravidez, segundo minha progenitora eu levantei fiquei de pé na cadeira apontei pra tela e gritei de susto, como eu sempre tive uma relação de profundo amor com o Senhor Murphy o filme ainda era legendado, minha mãe não havia se tocado disso antes então resolveu narrar os diálogos todos pra mim, talvez por esta experiência tenha muito mais paciência com perguntas feitas por crianças em voz alta no cinema (já cheguei ao ponto de calmamente responder a um pimpolho estranho uma pergunta que o pai não tinha resposta) do que com adolescentes cretinos que acham que é de bom grado fazer piadas que eles mesmo demoram pra traçar um paralelo com o humor como nós o conhecemos.

Passados os anos, depois de disparates como assistir todos os filmes disponíveis a exibição do mês de julho durante as duas primeiras semanas das férias, assistir filmes em versão dublado e legendado nas telonas ou sair pra ir ao cinema sem saber o que esta em cartaz (rotina que eu ainda aplico quando tenho oportunidade), mas o ápice começou de algum tempo pra trás quando toda minha infância Nerd foi revertida ao cinema, mas foi vem sendo uma overdose versão de H.Q e desenhos a dar com pau nas telonas e acima de tudo um filme que esta me fazendo ter espasmos de curiosidade e animo será lançado daqui a um ano em agosto de 2009 G.I Joe, meus bonecos que me acompanharam durante toda a tenra infância em n³ aventuras que minha mente doentia imaginava fora as fantásticas aventuras dos militares gringos na animação dos anos 80 estou ansioso para ver a batalha que será travada entre Snake Eyes e Storm Shadow que foi descrito na set como “é de deixar Neo Impressionado”

Algumas outras adaptações eu particularmente não conheço muito bem que é Watchmen e The Spirit duas adaptações de clássicos dos quadrinhos o primeiro vem com ar de super produção e o outro com Samuel “Motherfocker”L. Jackson como vilão (sou fã do cara e assisto até remake dos Teletubbies se ele estiver no elenco) até agora a experiência que tenho de HQs que eu não conhecia muito bem ou nada e fui ver o filme antes de ler não me decepcionou (Sin City, Constantine (Hellblazer) e 300) estou ansioso pelas tramas não acho que eu vá me decepcionar).

Lógico que dava pra citar vários outros exemplos de adaptações de clássicos da infância da galera de 20 a 30 anos (até um pouco mais) pro cinema que ficaram fodas tem ai uma enxurrada de filmes da Marvel, Transformers (que apesar de não estar nos meus favoritos robôs gigantes se batendo é uma coisa que não tem como não ficar foda), mas eu vos digo ainda existem dois pontos a serem levantados e considerados:


Primeiro, a regra dos Quinze anos, se você tem 20 anos ou mais e assistiu alguma coisa antes dos 15 anos achou insano e de La pra Ca não viu mais, não veja, a probabilidade de você se decepcionar é imensa (meu pai quase chorou ao rever Nacional Kid que eu pedi pra ele alugar depois de tanto ele falar a respeito).

Segundo: não é por que você acompanhava quando era pimpolho e vai ser versão no cinema que significa que vai ser bom eu já canto a bola agora, Dragon Ball Z live action não precisa raciocinar muito pra saber que vai ser uma bosta mesmo com Chow Yun-Fat no elenco.



Sem mais.

Ricardo

2008-09-05

NEWS 1

Pois bem


Venho apresentar pra vocês a versão beta do U.P fala sério agora sim ta chegando aonde queremos esta mais bonito, próximo passo é a divulgação ai (precisaremos mais do que nunca de vocês vamos La apresentem a 5amigos). Já deixo claro que esta não será a versão definitiva tem vários aspectos a melhorar e vários pontinhos a completar, mas já é um passo adiante.

Aguardem maiores Informações

Sem Mais

2008-09-03

Patriotas e Pataquadas

Pois bem




Resolvi ser mais especifico hoje, não vou falar que o ser humano em si é um bicho engraçado, mas sim o Brasileiro, todos somos muito engraçados, vivemos reclamando que brasileiro não é valorizado, que só existe patriotismo em época de copa do mundo ou que vivemos puxando saco dos gringos, mas ai é que ta cases clássicos da historia nos demonstra que nós mesmos não damos nem um valor pra essas coisas, quando aparece algum brasileiro que é valorizado, é patriota e impõe nossa cultura no estrangeiro muitas vezes este é taxado de traidor, vendido e uma serie de outros adjetivos infinitamente mais ofensivos, se pensarem que o que eu digo é besteira dêem uma olhada com certa atenção nestes casos:

Primeiro, Tom Jobim, que hoje em dia é amplamente amado e valorizado, mas quando resolveu ir fazer musica nos EUA foi taxado de vendido, quando águas de março apareceu como um comercial da coca-cola então ah ai nego queria morrer de dores anais, porra uma das maiores marcas do mundo, produtora de slogans e comerciais fantásticos, cases incríveis viu na musica de tom algo tão foda que quis vincular a sua marca, e como todos percebemos a musica tem tanta força por si só que apesar de ter sido usada não ficou vinculada e continua com sua vida própria.

Segundo caso, mais curioso ainda, ela era Portuguesa, veio ao Brasil adotou uma cultura que mais tarde seria abordada pela Tropicália, é considerada até hoje um ícone da cultura nacional tanto que muita gente pensa que ela era de fato tupiniquim. Estou falando de Carmen Miranda quando recebeu uma proposta de ir fazer sua musica e filmes no exterior e se tornou uma grande embaixatriz do nosso país, agora a pergunta de um milhão de dólares. Alguém deu valor? Acertou que disse não, ela foi chamada de traidora e quando voltou anos depois para fazer um show foi vaiada.

E demais a mais isso não são casos isolados, atualmente tivemos um caso muito parecido, depois de uma atuação ridícula (mas o filme em si já era uma bosta então da um desconto) e uma atuação fraca, Rodrigo Santoro conseguiu o papel de Xerxes no blockbuster 300, e mais pra frente o papel de Paulo na terceira temporada da powerfoda serie Lost, ta bom que a terceira temporada em si é uma bosta, enrolação, 26 episódios enchendo lingüiça e gerando mais duvidas sem responder nada da temporada anterior, mas de pronto muita gente quando viu o nome dele vinculado no elenco já soltou “aff nada haver” e eu pergunto cacete se podem ter dois motherfockers Coreanos, um Afegão, ingleses e Australianos porque não pode haver um brazuca lá no meio?

Acho que dar valor e falar que é legal depois de ter rolado é muito fácil, reclamar que o povo não é patriota é muito fácil, mas por que cargas d’águas não dar valor a pequenas vitorias como essa de brasileiros? Se eles não fossem bons não teria reconhecimento internacional, minha torcida agora é que o próximo brasileiro a estourar no exterior seja o pioneiro do terror nacional senhor José Mojica Marins, um mestre do cinema como ele que faz filmes de qualidade sem o uso abusivo de tecnologias, efeitos e cromaquis, merece, deve e vai estourar depois do encarnação do Demônio.



Dica pessoal quem quiser e tiver tempo, escute a entrevista dada por ele ao nerdcast (clique aqui) vai ser ótimo pra conhecer mais o diretor e menos o personagem.



Sem mais

2008-09-01

Nossa Choupana na Web 2.0

Pois bem pessoal.


Resolvemos fazer realmente nosso puxadinho na blogosfera, o que começou com um lugar pra eu explanar minhas idéias, ganhou força com a retomada da sociedade com o Senhor Pedro “Homer”, em seqüência recebemos com grande alegria a proposta de troca de banners e parceria da Srta MJ (vulgo Cris) a partir deste ponto não tinha mais volta estávamos linkados a blogosfera e habitando neste vilarejo virtual, ou assumíamos a idéia de que agora nos tornamos blogueiros ou como eu disse no post inaugural iríamos figurar mais um vergonhoso fracasso.

Uma segunda injeção de animo me foi aplicada quando após por recomendação de meu chefe ingressei em outra ferramenta da web 2.0, que eu já conhecia, mas não havia entrado por preguiça, o Twitter, fiz meu profile e logo de cara me deparei com um amigo meu o senhor Vinicius que vinha twittando em larga escala e durante o dia todo, adicionei alguns cyber-idolos meus, Mirian e Maira Bottan, Cris Dias, Jovem Nerd, Azhagal e Fabio Yabu, convidei alguns amigos da minha lista do Orkut, tive poucas respostas, mas mesmo assim empolgado com o incentivo de twitteiro do Vinicius comecei a twittar também, entrei em seu profile e ali vi meu futuro vizinho no vilarejo dos blogs o Jovem Mancebo, e para minha surpresa dias depois acho que incentivado por mim e pelo Vinicius um amigo nosso o Marcos resolveu retomar esse saudável Hobbie e trouxe de volta pra nós o Astático Inconstante.

Correndo o risco de soar presunçoso eu acredito que quatro blogs, já podem ser considerados um inicio de rede, acho que falo por todos nós quando digo que não estamos em busca de estrelato nem de reconhecimento alheio, na verdade eu acho que alguém que resolve mexer com comunicação (eu e a Cris) ou tecnologia (Vinicius, Pedro e Marcos) que não estiver habituado com essa interatividade da web 2.0 sai muito atrás de outros concorrentes, a interatividade virtual existe faz tempo existem fóruns as pencas dos mais diversos assuntos desde o Pootz (de cultura geral) ao Beco Diagonal(Fórum de discussão do universo de Hogwarts).

Os blogs quando criados tiveram um boom como diários de adolescentes que lotavam essas porcarias de Hello Kittys, gifs, poesias e textos de auto-ajuda e isto foi uma febre até que inventaram o fotolog, a que lindo nego tira n² de fotos e coloco qualquer titulo e vai pro ar, e continuou como uma ferramenta pra diversão adolescente até que alguém (segundo o Azhagal quem fez isso foi o Cris dias rs) descobriu que o blog podia (e pra mim deve) funcionar como um meio de veiculação de idéias, blogueiros hoje em dia formam opinião de uma forma pouco preocupante, já que o blog é expressão de suas idéias na web, você escreve o que quiser, e lê quem quiser passando por um segundo filtro de vontade ainda tem o direito de comentar a idéia se quiser, dizer: “Porra velho eu concordo com isso tudo” ou “Nossa cara isso tudo que vc falou é uma merda-foda, cala a boca” a liberdade de expressão finalmente esta atingindo o nível que ela deve realmente ter, eu posso entrar em outro blog e debater outra opinião dando ou não dando minha cara a tapa. Como diria o maior dos meus Ídolos no Universo da comunicação "Quem não se Comunica se estrumbica” e se comunicar diz respeito a “transmitir uma mensagem de forma que alguém a receba” e eu particularmente acrescentaria “transmitir uma mensagem,o mais eficientemente possível, de forma que alguém a receba” e meus queridos, na web 2.0 você não só transmite a mensagem e alguém a recebe, como vc tem um feedback logo em seguida e agora eu vos digo, se o Abelardo Barbosa de Medeiros ainda vivesse, ele seria blogueiro também.



Sem mais.