Sociable

2009-06-16

Odeio muito Tudo Isso - Elevadores

Pois bem

Ultimamente venho me sentindo tentado a reclamar e futuramente pretendo fazer uma junção desta categoria, "Coisas Que Odeio" com o Shit Happens.

Bom, vou começar por algo que me irrita muito... ELEVADORES é um mundinho paralelo criado com dois intuitos um oficial, facilitar as pessoas subirem e descerem e outro subentendido: humilhar-te e constranger-te.

Eu já passei por algumas situações extremamente vexatórias em elevadores, um dia me encontrava no sétimo andar encarado aquela maldita porta sem gonzo ou cadeado muito menos com algum tesouro dourado dentro dela, e quando finalmente ela abriu e havia apenas um rapaz com um sorriso amarelo e ruborizado, “por que o imbecil esta sorrindo” (em dados dias ou momentos sou acompanhado de certa dose de mau humor) e em resposta a isto recebi o motivo na minha cara pra ser mais preciso nas minhas narinas, tomei um upper de uma massa gasosa que se colocava ao redor do sujeito que me encarava ainda, sua cabeça havia sido substituída por um tomate com olhos e boca (quem faz o que ele fez não tem nariz), o encarei olhando nos olhos e rolou o dialogo facial.

- Seu $%#$@ de %$#@! Eu sei o que você fez!- Arqueando a sobrancelha

-Eu sei que você sabe – Abaixou as sobrancelhas olhando para os Sapatos.

-Prefiro não comentar – Boca torta, e cabeça oscilante.

- Obrigado – Olhos arregalando para logo depois contrair e voltar para os sapatos.

Apertei o botão do 6º andar e desci para os braços do Oxigênio sujo na cota normal de São Paulo.

Mas ai pensemos e se estivermos sozinho no elevador? O problema da agressão dos outros não existe mais, mas há o constrangimento solitário. Povos antigos acreditavam que espelhos tinham o dom de aprisionar almas, se um destes seres entrarem em um dos nossos digníssimos elevadores entraria em uma fúria medonha e cega pelo desespero, por estar sendo espelhado infinitamente naqueles espelhos paralelos, que nos repetem, repetem e repetem dando a impressão de que o elevador é muito grande, mas ao encostar-se às paredes de aço escovado percebemos o engodo e voltamos à sensação claustrofobica de estar sozinho em um espaço hostil, girando a cabeça damos de cara com a porcaria de um Smile com os dizeres “Sorria você esta sendo filmado”, além de estar sozinho você esta sendo observado, e apto a receber risinhos de escárnio do porteiro quando passar por ele na saída.
“Não seja exagerado, alguns elevadores são belíssimo com revestimento de madeira, ou panorâmico” Maravilha os de Madeira são mais velhos que a descoberta da roda, e ao que parece entram em manutenção toda semana, mas na verdade eles quebram pelo menos uma vez por semana e os técnicos são obrigados vir a concertar estas peças que eram top de linha durante a infância de Matusalém, quanto aos panorâmicos são lindos, mas agride tanto os que têm medo de altura quanto os claustrofobicos "E daí? Eu não sofro destes males" pode ter certeza se você algum dia ficar preso em um destes o todo poderoso deus Nimb, Senhor do Caos e seu sumo sacerdote Murphy vão providenciar para que, as pessoas ao seu redor sofram de um, de outro ou de ambos, e o elevador estará lotado e sendo filmado óbvio.

“Quinto andar, roupas intimas, porcelanas e uma chance para escapar deste inferno”

Sem Mais.

2009-06-08

O que se faz quando você não tem mais o porquê viver?


Eu só sou conhecido aqui no UP por fazer posts totalmente depressivos, que deixa a todos uma impressão, pelos meus eu acho, que sou totalmente pra baixo. Errado, tenho os meus momentos e eles são, infelizmente, revelados aqui, na escrita. Mas essa pergunta não foi criada por mim, estou apenas aqui citando-a, pois, desde que ela foi feita, não paro de pensar na resposta que poderia dar a essa pessoa.
Eu não vou dizer o nome dela, é muito pessoal o que ela vem passando, e sei que seria inoportuno trazer a público. Vou pedir, até antes mesmo que ela me autorize a publicar isso, editando o que ela achar muito mal colocado.
Pois bem, eu não sou a melhor pessoa para responder isso, vou usar argumentos sentimentais para, pelo menos, transmitir o que eu acho sobre essa pessoa que tanto gosto. Ela entrou numa fase turbulenta da minha vida, e me fez acreditar que eu poderia ainda fazer amigos novos, mesmo que eles sejam distantes. Os nossos gostos são parecidos e muito diferentes ao mesmo tempo, nosso jeito sarcástico de ser e nossa sinceridade às vezes deixa muita gente irritada e invejada [neh? =D].
Sinceramente, do jeito que eu a conheço, eu realmente fiquei surpreso com o fato de tudo que ela me disse e não pude acreditar naquilo e suas palavras ficarão dias e dias na minha mente, pois eu a quero muito bem e se algo lhe acontecer, sei que ficarei me sentindo um bosta por não ter conseguido nada. Eu me sentirei pior ainda, não conseguindo passar forças a essa pessoa, que sem querer me deu muita força e me fez sentir bem tantas vezes mesmo que por longe, quando eu estava aqui sozinho e ela vinha falar comigo, nem que fosse um ‘olá’.
Passei o ano passado inteiro, desejando profundamente que outra pessoa passasse tudo que eu passei, fui realmente egoísta e, muitas vezes, roguei praga pra Deus e o mundo. Somos seremos humanos, passíveis de erro, penso eu que a minha cota de erros já ta absurda e só está no começo.
Temos também, dias horríveis em nossa vida, que defino como cruciais para as belezas que a mesma nos traz....dias em que o tudo o que eu quero fazer é socar aquela pessoa que está sorrindo na minha frente, dizendo a alguém que está no telefone falando com seu amado (a) que aquilo ali é passageiro, que logo, logo não terá mais amor. Mas eu penso duas vezes antes de dizer isso, saber como seria horrível as pessoas fazerem o mesmo comigo, como seria doloroso.
Sei que esse texto pode não ter efeito sobre toda nossa vida, mas sei que você lerá e entenderá que tudo que eu escrevi foi sem raciocínio nenhum, sem ordem cronológica nenhuma, e sim que foi de todo o meu coração pra você, sei o que você está passando e fico honrado em saber que você sabe que pode contar comigo, mas muito honrado e pode ter certeza que farei de tudo para você sair do que está sentindo, e que daremos muitas risadas juntos um dia.

De todo o meu coração, ofereço essa pequena homenagem a você, que SEMPRE será uma pessoa maravilhosa em minha vida, conte comigo pra tudo, pra tudo mesmo.

Abraços e milhões de beijos do seu amigo, Pedro Henrique Toledo.