Sociable

2010-09-24

Estrela

No meio de uma escuridão insana e intensa ela nasceu pequenina e branca, com um brilho intenso e um calor gigante, uma pequena Anã Branca e o orgulho de sua constelação, nenhuma outra estrela se comparava a ela, nem a inveja das constelações vizinhas a incomodavam, ela era uma alfa, tinha importância apesar de ser nova e assim com o tempo ela cresceu.

Não era mais um anã, atingirá o mesmo status de todas as outras, era uma Sub-gigante, mas ainda assim seu brilho e calor era algo invejável, sua luz alcançava e confortava todos que orbitavam ali pelas redondezas e sua constelação ainda morria de orgulho de poder contar que a mais brilhante das estrelas como sua alfa e assim com tempo ela aprendeu.

Não era mais uma sub-gigante, seu tamanho era estrondoso, sua luz imensa atingira proporções magníficas, e sua luminosidade era vista ainda dos confins mais distantes da galáxia sua luz já atingira um to avermelhado, e seu calor permitia que a vida surgisse ao seu redor, que belezas fossem criadas e conforto fosse enviado, e assim ela ficou mais sabia.

Não era mais uma gigante luminosa, as gigantes eram pequenas ao seu redor e se espelhavam em seu exemplo, ela era grande demais, chegou ao status de Hipergigante, sua luz era sem igual, seu calor não era exagerado apenas confortantes e terno, sua gravidade mantinha as órbitas ao seu redor estáveis havia chego ao seu ápice e ao grande momento da sua existência e assim com tempo a entropia.

E ela não era mais.

Nenhum comentário: