Sociable

2010-10-17

Favor me chamar de reverendo

Em momento algum planejo ser ofensivo com a crença de ser humano algum, mas se o for ...whatever.

Pois bem meus caros, lendo por ai descobri uma teoria muito bacana de criação de deuses menores, li sobre esta premissa primeiro nas HQs de Holy Avenger do Marcelo Cassaro e depois li de novo sobre assunto no livro A Batalha do Apocalipse de Eduardo Spohr, basicamente para algo ou alguém ser considerado uma divindade basta passar por três fases, Reconhecimento, Idolatria e Crença (O que é considerado pecado segundo a galerinha do Vaticano).

Reconhecimento: O Alvo de adoração é identificado e aceito por um GRUPO como algo especial, uma pessoa que adore algo sozinho é só um maluco, mas quando um grupo aceita esta adoração ela passa a existir sentimentalmente.

Idolatria: Surge então o pensamento que aquela coisa pode ser considerada especial e este ideal é repassado, surge de alguma forma um organização e um reconhecimento entre os adoradores e assim surge uma crença entre eles.

Crença: O sentimento ultrapassa o nível de adoração e o reconhecimento passa de figura especial para um ser intangível e acima das pequenezas do cotidiano alguém inabalável e que quanto mais seguidores tiver mais forte se torna podendo em certos pontos ganhar a Imortalidade.

Este processo, explica por que os deuses do Olimpo exercem pouca influência hoje e os milagres que eram tão abundantes (segundo a bíblia) séculos atrás hoje são praticamente inexistentes, e também desta forma é possível assumir que coisas e pessoas assumem e assumiram status divinos, como Stallin, Hitler, Carros, Elvis Michael Jackson, Televisão, Internet, o Google dentre outras coisas.

Tirinha da Série Boteco dos Deuses de Carlos Ruas - @SabadoQualquer

As modinhas atuais das famílias Restart, Hori e coisas do tipo têm todo o potencial e chegam a galgar os primeiros passos e por um certo tempo são idolatradas por uma turba de adolescente fanáticos e raivosos, mas o fato de serem uma modinha e temporários não deixa que assumam o status de intocável e logo são substituídos por novos garotos recém chegados puberdade e não estes velhos de 21 anos.

Agora, o que o titulo deste post e toda essa baboseira tem haver? É simples, quem já leu um pouco sobre minhas peripécias sabe que eu tenho a constante mania de me foder, um tempo atrás eu cheguei a pensar que a vida era um grande jogo de The Sims e meu personagem era controlado pelo Murphy (inclusive por este motivo evito piscinas que tenham escadas que possam ser retiradas) e então eu vi o vídeo abaixo.

Peço sinceras desculpas pelo video inglês sem legenda, não achei nenhum com audio bom e legendado, quem não se importar de ouvir uma musica escrota de fundo pode clicar aqui


E me toquei de que Murphy tem de tudo para assumir o papel de divindade, e na verdade já deve ser pela força e influencia que tem sobre tantas pessoas como eu ele já é, então estou só oficializando isto tudo e assumindo aqui o papel de Sacerdote de Murphy, já que eu vou me ferrar de qualquer jeito que eu seja uma autoridade em tomar na cabeça.

P.S não rezem pra murphy, ele vai te ferrar sempre quando você não estiver esperando

2 comentários:

bbcoimbra disse...

acho que você quis dizer Loki...

Ricardo disse...

Vemos aqui um claro devoto do Google HAHAUaHuaHua